Tecnologia do Blogger.

19 de julho de 2015

RESENHA: Poética - Ana Cristina Cesar


Poética por Ana Cristina César
  • Editora: Cia das Letras
  • ISBN: 9788535923629
  • Ano: 2013
  • Páginas: 504
  • Gênero: Poesia;

Quem ousaria descrever doa Ana Cristina Cesar? Eu só arriscaria dizer que ela seria minha Leminski de óculos e saia, nada mais. Qualquer tentaria de definição, é mera especulação. Não me arriscaria analisar uma poeta que não se permite concluir, qualquer proximidade de um desfecho seria apenas uma armadilha para o leitor desavisado. Seria muito superficial tentar descrever a Ana C. como uma poeta do século tal, estilo marginal, que convivia com fulanos e beltranos. Ana é muito mais que isso, se estive aqui e agora, em corpo, poderia me falar do romance que teve e do romance que irá ter... ou simplesmente que a vida é muito rápida para se planejar... 

Na obra Poética (Cia das Letras, 2013), Armando Filho organizou obras já publicas e também alguns textos inéditos (Oficina). A obra surge após três décadas de sua morte. Mesmo que antigo e inédito, sua prosa e sua poesia ainda é devastadora. Ler poética é como entrar em uma relação, ou doa-se ou doerá. É suave e perigoso. 






Todas vezes que leio poesias tento marcar, guardar, sinalizar aquele trecho, página que me provoca, que me incomoda e me levanta. Marquei o livro todo. Garanto a vocês, não é fácil resumir, definir, entender Poética (leia um cadinho aqui). Gostei que a Cia das Letras também publicou imagens de seus manuscrito, faz com que fiquemos mais próxima da Ana C. É fascinante ver aquela parte onde ela riscou, cortou, grifou... Torna-se menos difícil entendê-la.    



Recomento a releitura, porque ler apenas uma única vez é impossível. Leiam, mas tomem cuidado, ela é viciante. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário