Tecnologia do Blogger.

4 de fevereiro de 2015

RESENHA: O Lírio Dourado – Richelle Mead



O Lírio Dourado (Bloodlines #2) por Richelle Mead
  • Editora: Seguinte
  • ISBN: 9788565765268
  • Ano: 2013
  • Páginas: 424
  • Gênero: YA, Sobrenatural;
  • Onde comprar:

Bloodlines é a série spin-off de Vampire Academy que já está conquistando meu favoritismo. A narradora aqui é Sydney Sage, uma Alquimista numa missão de ajudar a esconder a vampira Moroi, Jill Dragomir. E foi assim que ela foi parar em um colégio interno na Califórnia fingindo ser parte de uma grande família tradicional junto com vampiros – criaturas que antes ela abominava e agora são seus amigosQuanto mais próxima fica de Jill, Eddie e especialmente de Adrian mais Sydney luta para não contestar toda crença depositada nos Alquimistas.

Em O Lírio Dourado Sydney sente que sua vida está finalmente se acalmando, ela até arrumou tempo para um namorado  Brayden, que é quase como sua alma gêmea, quase (definitivamente não gostei dele). Mas sem nem perceber começa a se sentir atraída por outra pessoa, alguém totalmente proibido para ela. Dessa vez um grupo de caçadores humanos ameaçam a segurança de seus amigos e sua lealdade aos Alquimistas. E como uma forma de evitar que pessoas se tornem Strigois, experimentos mágicos estão sendo feitos; o que para Sydney o mais assustador de tudo isso é que talvez ela seja a chave para destruí-los.



Apesar desse livro ter menos ação que o volume anterior, acabei gostando muito mais de O Lírio Dourado (
principalmente depois das revelações de tirar o fôlego no final!). 

Os personagens evoluíram bastante, principalmente Sydney. Adrian também ganha um foco maior. Aqui seu sarcasmo costumeiro vem acompanhado com um pouco de... Doçura? Talvez. O fato é que ele continua hilário, porém muito, muito fofo. Me apaixonei pelo Adrian e gostei ainda mais dele nesse livro, de longe o melhor personagem da Richelle Mead (eu posso até estar exagerando um pouco, ou não). 
"– A única verdade no que você acabou de dizer é a parte sobre ser a donzela dos contos de fada, mas só porque você é linda o bastante para ser uma. Não pelo resto. Tudo o mais que você acabou de dizer é ridículo. Você não é indefesa."
"– (...) Você me inspira em todas as ações, todas as palavras, todos os olhares."

Leitura mais que recomendada, mas, por ser um spin-off de outra série não aconselho lê-la primeiro ou ler as duas séries ao mesmo tempo, como eu estou fazendoBloodlines carrega vários spoiles de Vampire Academy, apesar de estranhamente não está me incomodando. 


.:: RECOMENDO ::.
Minha Avaliação: ✪✪✪✪✪ -> Ótimo!
Não deixe de conferir a resenha do primeiro volume: Laços de Sangue.


Nenhum comentário:

Postar um comentário