Tecnologia do Blogger.

13 de novembro de 2014

RESENHA: Abandono – Meg Cabot



Em sua série mais recente Meg Cabot trabalha com base no mito de Perséfone e Hades. E ao contrário do título, e também diferente de muitas opiniões, não senti nenhuma vontade de “abandonar” a leitura o que foi uma surpresa devido minhas novas "exigências literárias". Chegue mais e confira minhas experiências com Abandono.



Abandono (Trilogia Abandono #1) por Meg Cabot
  • Editora: Galera
  • ISBN: 9788501095343
  • Ano: 2013
  • Páginas: 304
  • Gênero: Romance, YA
  • Onde comprar:



Preciso confessar que eu não estava exatamente empolgada com a leitura, e depois tem a Meg certo? Ela consegue nos deixar com gostinho de quero mais a cada capitulo não importa o quanto a historia pareça bobinha, e Abandono apesar de toda atmosfera sombria é um tanto bobo. Pierce, a protagonista da vez, tem uma Experiência de Quase Morte, visita o “limbo”, vai parar no inferno (de certa forma) e acaba escapando das garras de seu captor John Hayden – que mesmo não sendo Hades é uma espécie de “rei do submundo”. A história gira em torno das consequências dessa fuga para Pierce, mesmo agora com 17 anos e de volta a Isla Huesos o mal ainda a persegue, e John se mantem a espreita (para salva-la é claro).

Dessa vez a nova série não agradou tanto os fãs mais antigos da Meg, Abandono traz menos romance que o esperado, menos sacadas engraçadas, confusões e aqui não nos deparamos com uma mocinha de língua afiada que nos diverte, Pierce faz mais o tipo bondosa e ingênua. Mas vai por mim, o livro não é tão ruim quanto dizem... E quem salvou minha leitura não foi a mitologia nem o toque paranormal, e sim o mocinho John que é um fofo apesar do lance de chefão do submundo e toda essa pinta de roqueiro das trevas e tal. Infelizmente Pierce foge dele sempre que possível.

Eu adoro os livros da Meg e com a trilogia Abandono não foi diferente, terminei Abandono e imediatamente comecei sua sequência Inferno (resenha em breve). Não é uma leitura emocionante, que te faça suspirar ou gargalhar, mas é legal e me deixou curiosa, e o melhor de tudo: a história evolui! (#graças).


Minha Avaliação: 
★★★☆☆ ->Bom!


2 comentários:

  1. Olha que ideia legal! Gosto muito de mitologia e já faz um bom tempo que quero ler algo de Meg, mas ela tem tantos livros que nem sei por qual começar :( Vou esperar a resenha dos outros pra ver se começo por essa trilogia. E aproveitando o comentário, gostei bastante do teu blog e queria deixar um Q de indignação quanto a The 100, eu concordo MUITO com tua resenha (sim, estou lendo suas resenhas mais antigas), fui tão empolgada pra ler minha primeira distopia e no final fiquei meio "é só isso?", triste, muito triste..

    Rayanna Lucylle
    www.artigo2.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro a Meg,já li muitos livros dela e favoritei todos,mas esse ai eu tô com o pé atrás depois de todas as críticas negativas que ouvi sobre ele...Mas enfim!Vou tomar vergonha na cara e ler,aliás tem mitologia!
    Beijos ;)
    chocolatesemarshmallows.blogspot.com

    ResponderExcluir