Tecnologia do Blogger.

2 de junho de 2014

RESENHA: O Menino do Pijama Listrado – John Boyne


O Menino do Pijama Listrado por John Boyne
  • Editora: Cia. das Letras
  • ISBN: 9788535911121
  • Ano: 2007
  • Páginas: 186
  • Gênero: Drama;
  • Onde comprar:


Esses livros ambientados no período da segunda guerra mundial despertam um sentimento de revolta que só aumenta, e no final sempre acaba em lágrimas. Com este não é diferente.


O Menino do Pijama Listrado não é exatamente um livro espetacular e nem por isso deixa de ser uma leitura marcante. Aqui embarcamos em uma jornada ao lado de um garoto de nove anos chamado Bruno que um dia te levará junto a uma cerca. Cercas como essa existe no mundo todo, e espero que você nunca se depare com uma delas. Por nosso narrador ter apenas nove anos, John Boyne faz uso de palavras simples para expressar ideias tão profundas que com certeza irão lhe perturbar.

Bruno está infeliz. Ele acaba de se mudar da casa que tanto adora em Berlim para um lugar isolado na Polônia onde não tem amigos nem vê ninguém, exceto os guardas que entram e saem de sua nova casa e as pessoas de pijamas que ele ver da janela do quarto e que sempre o deixam com frio na barriga. Bruno não sabe sobre os judeus ou o Holocausto, nem mesmo que sua família está envolvida no conflito e que na verdade seu novo lar fica em um campo de concentração (Auschwitz).
"Quando fechava os olhos, tudo ao seu redor parecia simplesmente vazio e frio, como se ele estivesse no lugar mais solitário do mundo. No meio de lugar nenhum."

Em suas explorações ele acaba conhecendo um amigo, e aos poucos vai tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. Um livro triste sobre uma amizade pura separada por uma cerca que representa tudo que há de ruim. 


.:: RECOMENDO ::.
Minha Avaliação: ★★★★☆ -> Muito Bom!

7 comentários:

  1. Já pensei várias vezes em ler esse livro, mas nunca tive iniciativa suficiente. Acho que o único livro que li sobre a guerra foi A menina que roubava livros, e foi triste para um ano inteiro. Você também se sentiu assim ao ler O menino do pijama listrado?

    Beijos! || ape56.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Nat,
      A Menina que Roubava Livros é bem triste mesmo, deve ser por isso que é tão bom e marcante. Já O Menino do Pijama Listrado é mais simples, porém cada palavra do autor é como uma punhalada (marca mesmo). E o final então... reli umas 3 vezes.
      Beijos!

      Excluir
  2. Ai Cel,
    Já assisti o filme a fiquei tão desolada, acho que não conseguiria ler o livro não =(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É triste mesmo, Lari... E o filme é super fiel, mas o livro tem aquelas palavras que nos marcam por um bom tempo.

      Excluir
  3. Li esse livro há tanto tempo, antes de sair o filme até. A história é muito triste mesmo, mas o que me chamou mesmo a atenção é a narração que é feita sob o ponto de vista de um menino de nove anos. Quer dizer, é um jeito completamente diferente de olhar para a história, pelo fato do Bruno ser uma criança e não entender nada do que estava acontecendo. Achei isso uma ideia genial do autor.
    Agora tenho que ver se consigo ler "A menina que roubava livros", já que todo mundo diz que é muito bom. :)
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente. A narração feita pelos olhos de um garotinho deixa tudo ainda mais marcante... Leia mesmo 'A Menina Que Roubava Livros', qualquer dia desses pretendo relê-lo pois na época que li eu era mais "novinha" e acho que hoje posso compreender "diferente" o livro.
      Beijos!

      Excluir
  4. Eu vi o post e resolvi ler o livro, é fantástico =D

    ResponderExcluir