Tecnologia do Blogger.

23 de novembro de 2013

Na Minha TV: Doctor Who – (The Day of The Doctor)



"Exterminate! Exterminate! Exterminate!" – Quem aí leu do mesmo jeito que os Daleks, mais poderosos inimigos do Doctor, falam? o/

Estou tão empolgada com "The Day Of The Doctor", o episódio em especial aos 50 anos de Doctor Who que vai ao ar hoje (17:50 no horário de Brasília), que achei super digno deixar registrado aqui no Janela um pouquinho sobre a série.

Na Minha TV está toda especial já que hoje, dia 23 de novembro é o 50º aniversário dessa série britânica de ficção científica, que diga-se de passagem é uma das minhas favoritas. Várias homenagens vem sendo feitas em comemoração ao enorme sucesso, com direito ainda a um Doodle interativo da Google. – (A pessoa feliz aqui passou a tarde de ontem jogando repetidamente o tal game). 

A série foi ao ar em 23 de novembro de 1963, onde acompanhamos as aventuras do Senhor do Tempo conhecido como "The Doctor", um humanoide alienígena com dois corações que viaja pelo tempo com sua nave espacial TARDIS. O Doctor tem sempre um acompanhante que viaja com ele e o ajuda, inclusive já o resgataram algumas vezes. Esses acompanhantes são mulheres ou homens e as vezes podem aparecer mais de um, porém eles são sempre "substituídos". 


Os 11 Doctors:
Sim, o Senhor do Tempo tem a capacidade de se regenerar, isso meio que aconteceu por acaso quando William Hartnell, o primeiro Doctor, começou a ter problemas de saúde e não estava mais em condições de atuar, então uma forma da série continuar era com o Doctor se regenerando e assim mudar de corpo.

David Tenant, o décimo Doctor, é meu favorito. Ele aparece na segunda temporada e fica conosco até a quarta, da quinta até a sétima quem assume é Matt Smith. Agora é aguardar a estreia do novo Doctor, Peter Capaldi.


Os Inimigos:
O ponto forte para mim são os vilões, eles têm que ser "bons" (no mau sentido, enfim). O que não é diferente em Doctor Who. Os mais poderosos são os Daleks, cujo grito de guerra deu início a este post, eles são impiedosos e completamente malignos, já lutaram contra o Doctor diversas vezes. Além deles existe tembém os Cybermen, humanos cibernéticos sem emoções, e os bem aterrorizantes – Weeping Angels – estátuas alienígenas que mandam suas vitimas ao passado com apenas um toque, mas só podem se mexer e atacar quando ninguém as está vendo, os Silence e outros.


Série Clássica:
Não conheço muito da série clássica que foi de 1963 a 1989. Foram 8 Doctors protagonizando as 26 temporadas desse meio tempo, após isso foi feito um filme em 1996 com Paul McGann como o oitavo Doctor. Só em 2005 a série voltou a ser produzida.

Série Atual:
Já esta é composta por 7 novas temporadas e três Doctors. Com seu inconfundível humor britânico, a série vem conquistando gerações de fãs. Não é necessário começar pela série clássica, eu só estou correndo atrás dos episódios anteriores agora. Então, quem se interessou, pode começar pela série atual que dá para entender bem toda a estória.



A primeira vez que tive contato com Doctor Who foi na série atual, até então não conhecia nada. Os efeitos especiais na primeira temporada são bem divertidos (para não dizer "toscos"), o que felizmente não me desanimou até porque a série só melhora. Nem tem o que discutir, eu sou simplesmente fanática por ficção científica, viagens no tempo e amo Doctor Who .


11 comentários:

  1. MDS! Eu sou, provavelmente a ÚNICA pessoa na Terra que nunca assistiu nada de Doctor Who! Parece uma coisa impossível, mas é verdade :c
    Mas, sei lá, mesmo ouvindo tantos comentários sobre como a série é boa e tal, não me dá 'aquela' vontade de assistir. Um dia quem sabe, mas no momento, não '-'
    Mas de qualquer forma, "parabéns" aos 50 anos de existência õ/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha... Conheci a série não tem muito tempo, mas vai de gosto né? Meu namorado mesmo detesta. auheiauh
      Como eu disse no post, no início os efeitos especiais são meio feios, mas depois melhora muito, é só dar uma chance, quem sabe um dia... rsrs. Talvez você goste. ;)

      Excluir
    2. Pois é. Qualquer dia desses eu possa dar uma chance, afinal, é tão bem falada, não deve ser ruim '-'
      Mas é como você disse, é questão de gosto, como tudo é. Vamos ver. No dia que eu assistir, digo o que achei ^^

      Excluir
    3. Ahh, diga sim Fernando! Quero muito saber. ^.^
      Eu não conheço quase ninguém que assiste, então vai ser muito bom trocar opiniões.

      Excluir
  2. E se eu disse que também nunca assistir Doctor Who? No máximo alguns gifs no Tumblr, mas tirando isso... E eu também não tenho uma vontade descontrolada de assistir. :'c

    roendolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eii Ana!
      Sei como é... rsr. Essa é daquele tipo de série que só atrai a atenção (num primeiro momento) de quem gosta do assunto/estilo. Mas acho que ela não tem um público específico, talvez um dia você se interesse. ^.^
      Além da parte ficção científica ela é bem divertida.

      Excluir
  3. Mais um seriado para minha lista de "TENHO QUE ASSISTIR". :)
    Eu nunca tinha visto um post sobre esse seriado Celsina. Para mim, ele era desconhecido (até então). Pelo nome achei que devia ser um seriado ao estilo do Dr. House (que adoro), mas parece que me enganei completamente. Rsrsrsr....
    Nossa, a série atual já está na sétima temporada? *o*
    Preciso entrar em contato com uns amigos meus da cidade para conseguir pra mim os episódios.
    Não sou muito fã de ficção científica, mas como um verdadeiro cinéfilo, tenho que também ver seriado.
    Espero ver o seriado logo logo. Daí te conto a minha impressão sobre ele okay, Celsina?
    Parabéns pelo post. Podemos ver que vc se esforçou para trazer esse conteúdo maravilhoso. Bjs :*

    http://peregrinodanoite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Bruno!!
      Que ótimo que gostou do post. A série é totalmente ficção científica (muita viagem e bem interessante pra quem curte o tema), nada a ver com House mesmo. Hahaha... ^.^
      Adoro fazer esses tipos de postagens em que é preciso pesquisar "um bocado". Dá certo trabalho, mas é um trabalho bom além de super proveitoso, pois você fica conhecendo ainda mais sobre o assunto.
      Quero muito saber sua opinião, me avise quando começar a assistir. ...Ahh, não vai desistir na 1ª temporada não, viu? rsrs. Os efeitos são meio "bobos", mas te garanto que na segunda em diante fica muito, muuuito melhor.

      Dica: se você é assinante da Netflix, tem essa série até a 5º temporada lá. ;)
      Beijinhos :*

      Excluir
  4. Estou na segunda temporada ainda. ( da nova)
    Não sabia que tinha antes de 2005,vou ver se acho para baixar.
    Comecei a assistir não faz nem um mês e já estou amando. No começo tive um pouco de preconceito pela série ser britânica. Antes eu meio que as excluía, mas agora meio que pago com a linguá. Pois assisto mais series britânicas do que americanas;
    Mariana – WTF. [{ Sobre livros,filmes e séries.}]

    ResponderExcluir
  5. Celsina, eu achei o máximo o doodle e também joguei. hehe
    Já tinham me recomendado a série, mas como tenho que fazer download e na época eu estava vendo uma outra (e minha internet é meio lenta), acabei deixando pra lá. Mas aí, devido ao aniversário, eu lembrei que PRECISO assistir!

    ResponderExcluir
  6. Tenho vontade de assistir a serie mas a preguiça é dificil. Eu vi esse dia do google LOL.


    xx

    ResponderExcluir