Tecnologia do Blogger.

8 de fevereiro de 2013

RESENHA: Extraordinário – R. J. Palacio

Extraordinário da autora R. J. Palacio
  • Editora: Intrínseca
  • ISBN: 9788580573015
  • Ano: 2013
  • Páginas: 320
  • Gênero: Drama, Infanto-juvenil;
  • Onde comprar:


Extraordinário é um livro simples que trata de assuntos muito sérios: preconceito e bullying. Mas também nos diverte, ensina valores e mostra a importância da gentileza na vida de uma pessoa. Um livro mais que ENCANTADOR.


August Pullman, ou Auggie, é um garoto de 10 anos que nunca foi a escola, até agora. Não por sofrer algum tipo de limitação, é mais uma questão emocional/social. Auggie nasceu com uma severa deformidade facial.

"(...) Mamãe e papai também não me acham comum. Eles me acham extraordinário. Talvez a única pessoa no mundo que percebe o quanto sou comum seja eu."


O livro narra o primeiro ano do Auggie na escola. Os m
edos e obstáculosE assim vamos conhecendo sua vida e a convivência com as pessoas. 

"Como um cordeiro indo para o abate." – Ir à escola era mais ou menos assim. Passar despercebido estava fora de questão e sofrer bullying foi inevitável. Felizmente Auggie é um menino encantador e muito esperto, fez alguns amigos e soube enfrentar o preconceito da melhor forma possível e ainda brincou com a situação... Afinal, ele só quer ser mais um garoto comum entre tantos.

– É tão estranho – comentei – as pessoas não falarem com você, fingirem que você não existe.
  August abriu um sorriso. 
 – Acha mesmo? – perguntou, sarcástico. – Bem-vindo ao meu mundo!"


O sentimento de proteção em relação ao Auggie foi imprescindível. Ele era como um amigo, um irmão. Cada vez me orgulhava mais dele. Não lembro se já senti isso antes por algum personagem, mas é maravilhoso estabelecer essa relação. Talvez por isso me apeguei tanto ao livro. Tive raiva de toda essa gente preconceituosa, e em alguns momentos queria muito confortar o Auggie. Também me emocionei, de alegria e tristeza. 

Não espere um livro cheio de reviravoltas. Esse é um livro simples, mas nem por isso perdeu seu encanto. A narrativa em primeira pessoa é tão natural que é impossível não se envolver com a história do Auggie e todos ao seu redor. Um ponto que deixa o leitor ainda mais confortável é o livro ser dividido em algumas partes onde podemos acompanhar também pela visão de outros personagens além do Auggie. 

Você vai rir muito, se revoltar e por fim se emocionar com a história desse garotinho que é mesmo extraordinário.




.:: RECOMENDO ::.
Minha Avaliação: ★★★★★-> Excelente!
♥ Leitura TOP!

"(...) É como aquelas pessoas que às vezes você vê e não consegue imaginar como seria estar no lugar delas, seja alguém em uma cadeira de rodas, ou alguém que não pode falar. Eu sei que sou essa pessoa para os outros, talvez para todas as pessoas naquele auditório.
       Para mim, porém, sou apenas eu. Um garoto comum."



41 comentários:

  1. To louca pra ler o livro, fala muito de ser confiante e não ter preconceito.

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser MUITO bom! Gostaria muito de lê-lo, se tivesse uma oportunidade.
    Clara
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Preconceito e bullying são assuntos que estão em alta hoje em dia e acho isso super justo, já que o assunto é muito sério.
    Fico com dúvida sobre este livro, porque trata de uma deformidade facial e todos os assuntos de doença, até mesmo os mais fracos, eu estou evitando. Isso não quer dizer que eu ache o livro ruim, pelo contrário, só no momento não pretendo ler.

    ResponderExcluir
  4. Gamei nessa capa e gostei muito da sinopse e do tema tratado no livro. Fiquei com uma vontade imensa de lê-lo. Apesar do que você falou, que o livro é simples e não traz muitas reviravoltas, acho que o tema envolvendo bullying e a deformidade do garotinho são mais que suficientes, requerem delicadeza no trato e não precisam de reviravoltas para se destacarem e provocar reflexão.

    Bjão,
    Livro Lab

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler esse livro, a capa, a sinopse, sua resenha, tudo me levou a querer mais esse livro. Quero que lance logo pra eu comprar.
    Bullying é uma coisa séria, e já li alguns livros com esse tema e sempre gostei. Quero muito Extraordinário.
    Beijos,

    Gustavo Valim
    Jantando Livros
    http://jantandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Bullying é um tema super sério, e sinto falta de histórias que abordam esse problema. Quando li a sinopse (e agora a resenha) do livro, fiquei com muita vontade de ler... e essa capa é um amor, preciso desse livro na minha estante logo!

    ResponderExcluir
  7. Eu adorei o livro também. Achei excelente e muito comovente. Simplesmente amei.

    Beijinhos,
    Thais Priscilla
    http://thaypriscilla.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. A história de August emociona e vai emocionar muita gente, uma história tão única e verdadeira assim deveria virar filme, imagine só eu chorando lendo o livro, imagine só vendo-o então. Fiquei curioso quando você disse que se divertiu lendo o livro, essa me pegou, espero ler pra saber logo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Nossa parabéns pela resenha do livro Extraordinário,um dos primeiros Blogs a publicar.
    O livro deve ser realmente emocionante e pela resenha deu vontade de ler e acompanhar esta história envolvente onde August veio ao mundo com condições "especiais",mas mesmo com tantas adversidades tenta levar uma vida normal,como ir à escola,mas o preconceito com certeza vai doer mais do que seu problema genético
    Os olhares e julgamentos vão mexer com o mundo de August e ele vai ter que através de sua coragem e de amizades vencer o preconceito.
    Gostei da autora utilizar um pouco de humor, e de destacar que a gentiliza é um sentimento que é capaz de fazer a diferença.
    Adorei a frase: August diz, "(...) Mamãe e papai também não me acham comum. Eles me acham extraordinário. Talvez a única pessoa no mundo que percebe o quanto sou comum seja eu."

    ResponderExcluir
  10. "Adorei o tema do livro, realmente a Intrínseca está arrasando nos lançamentos! Deve ser muito curioso e emocionante entrar no universo dessa criança e enxergar a sociedade pelos olhos de August. Parece ser um livro lindo e comovente. Fiquei mais do que curiosa para ler!

    ResponderExcluir
  11. Ótima resenha!! o tema é muito interessante, e os lançamentos da intrinseca estão de parabéns, só livro bom!

    ResponderExcluir
  12. Extraordinário parece ser muito bom, não apenas mais um livro que trata de preconceito e bullying. Adoro quando um personagem acaba sendo mais do que um personagem, acaba ficando especial. Eu vou dar uma chance ao livro assim que eu puder e me emocionar com o ele também.

    Sobre importâncias

    ResponderExcluir
  13. Ameii doidiinha pra ler ushauahushua amo seu blog

    ResponderExcluir
  14. Estou com uma expectativa enorme para esse livro! Só ouvi falar bem sobre ele lá fora. Acho superinteressante histórias que retratam causas como essa!
    Curti demais sua resenha e o modo como descreveu o afeto pelo Auggie! Espero que seja assim comigo também kkk
    Beijos!

    http://umsimplesleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá meu amor!

    Estou querendo muito ler esse livro. É como você falou, é simples, mas ao mesmo tempo perfeito! Sei que não devemos esperar reviravoltas, mas o livro é encantador do seu jeito. Único e instigante! Amei sua resenha e a simplicidade da trama.

    Beijão, Lucas
    ESCONDIDOS NO LIVRO!

    ResponderExcluir
  16. Adoro quando tu diz que o livro é excelente, já quer dizer que vou comprá-lo em breve, pois confio muito no seu gosto literário! haha

    ResponderExcluir
  17. gentileza gera gentileza ...esse livro é muito fofinho *-*

    ResponderExcluir
  18. Estou bem curiosa com esse livro.
    Parece uma leitura muito boa, ;)

    ResponderExcluir
  19. SEGUIDORA: ANDRESSA NUNES

    Resenha muito boa, abordando pontos importantes da obra, levando os leitores a se interessar pelo conteúdo.

    ResponderExcluir
  20. Essa é mais uma resenha que me deixou curioso por ler o livro.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  21. Muito curiosa pra ler esse livro!
    Resenha muito boa

    ResponderExcluir
  22. Estou muito curiosa com esse livro. A história parece delicada e bonita.

    ResponderExcluir
  23. para ser sincera, o livro me chamou a atenção primeiramente pela capa... não sabia que era baseado em uma estória verídica, fiquei super curiosa em ler essa narrativa que parece bastante envolvente e em conhecer personagens que parecem tão marcantes (especialmente August)... com certeza vai entrar na minha lista de futuras leituras!!

    ResponderExcluir
  24. O bullying não é um acontecimento novo, talvez aconteça desde sempre no ambiente escolar, porém, o debate ganhou força e importância há pouco tempo. Vários lançamentos recentes têm abordado essa questão. Estou bastante curiosa a respeito desse livro!

    ResponderExcluir
  25. Acho que essa foi a melhor resenha que já li na vida eu entendo muito bem o que é ter alguém “diferente” na familia e por isso sofrer vários preconceitos , esse livro vai ser muito bem vindo na minha estante.Amo livros assim que me fazem chorar e rir e aprender .

    ResponderExcluir
  26. Que história linda!Já estou me sentindo protetora em relação ao Auggie. Quero muito ler.

    ResponderExcluir
  27. Acho que deve ser um livro muito bom para pais que tem filhos com a mesma condição da personagem em questão, parece encorajador.
    Achei a capa muito simples, mas a estória me pareceu boa.

    ResponderExcluir
  28. Conheci esse livro por uma matéria incrível, e me apaixonei logo de cara, afinal, quem nunca sofreu algum tipo de preconceito na vida, é claro que infelizmente algumas pessoas, como August, sofrem muito mais, e acho que a historia é incrível por nos fazer pensar nisso e por colocar esse ponto de vista através de uma criança, que é tão inocente e tão amável. Com certeza uma prioridade de leitura.

    ResponderExcluir
  29. Extremamente interessado no livro. Lerei assim que possível!

    ResponderExcluir
  30. parece ser mt da hora. vou procurar na submarino .. tomara que encontre *-*

    ResponderExcluir
  31. A capa desse livro é muito fofinha, simples, mas bonitinha. Sobre o livro, nunca li um com esse assunto assim de preconceito, acho que vou me emocionar bastante com o livro, gostei da sua resenha, falou do livro mas não expôs tanto, até pq temos que ter a curiosidade pra ler né :D parabéns pelo blog, beeijão

    ResponderExcluir
  32. ohhh que fofo

    Acho que vou me emocionar... com o livro, acho super importante esse tipo de historia, nos ensina com certeza a para de olhar o mundo com tanto preconceito, e na visão de uma criança... deve ser lindo!

    quero sim

    bjoss

    ResponderExcluir
  33. Otima resenha Celsina :), quero muito ler este livro !!
    esta entre minha leitura deste ano.
    espero que não demore para eu ler.

    ResponderExcluir
  34. Me apaixonei pela sinopse, pela capa, pela proposta do livro. Já está nos meus desejados.
    Imagino o sofrimento de uma criança que não se enquadra nos padrões impostos. O preconceito que deve sofrer e que abre uma discussão mais ampla, sobre o valor das pessoas, o que vem de dentro e se exterioriza, e não o sontrário. O que somos, não o que parecemos.
    Quero muito este livro! Bom saber que já temos um filme em breve tb.

    ResponderExcluir
  35. Oi, Cel.
    Eu amei esse livro.
    A leveza da narrativa me cativou. Me apaixonei pelo Auggie e fiquei extremamente tocada pela história dele. O mais bacana foi poder ter um pouco da visão as pessoas que convivem com alguém diferente ou com necessidades especiais. Muita gente se esquece que a família e os amigos sofrem junto.
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  36. Fiquei emocionada só de ler a resenha!
    Esse é um dos personagens que sem duvida vai morar no meu coração, um guerreiro que enfrenta seus problemas e o preconceito!

    ResponderExcluir
  37. Amei a resenha, o livro parece muito emocionante mesmo, nos dá muitas lições de vida.

    ResponderExcluir
  38. esse livro é muito lindo , todos deveriam ler , é uma lição de vida , chorei muito lendo , é muito emocionante

    ResponderExcluir
  39. Finalmente um livro que aborde esse tema de forma delicada e objetiva, quebrando alguns paradigmas da sociedade e conscientizando a população

    ResponderExcluir