Tecnologia do Blogger.

18 de junho de 2012

RESENHA: Festa no Covil – Juan Pablo Villalobos

Festa no Covil do autor Juan Pablo Villalobos
  • Editora: Cia das Letras
  • ISBN: 9788535920260
  • Ano: 2012
  • Páginas: 88
  • Gênero: Narcotráfico;
  • Onde comprar:

Um romance que nos mostra um panorama impaciente e sem moralismos da violência do narcotráfico pelos olhos de uma criança. Apesar de não ser exatamente um livro que agrada todos, Festa no Covil me fisgou e encantou totalmente –  adorei poder ler cada página!

Parece que o país Libéria é um país nefasto. O México também é um país nefasto. É um país tão nefasto que você não pode conseguir um hipopótamo anão da Libéria. O nome disso na verdade é ser de terceiro mundo."

Villalobos nos apresenta a história de um garotinho chamado Tochtli que vive num palácio e narra a sua busca por um hipopótamo anão da Libéria, mas Festa no Covil vai muito mais a fundo que isso. A medida que Tochtli vai nos contando sua rotina, suas manias, percebemos que vive num mundo devastado. À beira de um abismo.  

Tochtli é filho do rei de um dos maiores impérios do 
narcotráfico, e dono de uma memória fulminante, sempre cheio de ideias e novos desejos, mas vive cercado de solidão e por isso sempre recorre a imaginação e sua "coleção de chapéus" que o permitem ser o que quiser.

Antes de dormir procurei no dicionário a palavra prestígio. Entendi que o prestígio se trata das pessoas terem uma ideia boa de você, de acharem que você é o máximo. Nesse caso você tem um prestígio. Patético."

Acompanhamos relatos assustadores e hilários. Cada vez era possível entender um pouco mais a situação do garoto Tochtli. Também somos sempre envolvidos pelas criticas secas do autor, sendo como o próprio relata, querer dizer exatamente o contrário.
Realmente os cultos sabem muitas coisas dos livros, mas não sabem nada da vida."

Festa no Covil é como "uma inversão em pesadelo de Alice no Pais das Maravilhas..." – Não que seja um livro de terror, pois trata-se de um livro bem real, o problemas é que a realidade pode assustar. Mas por outro lado, este também pode ser um romance bastante cômico ao acompanharmos os pensamentos de Tochtli e os seus desejos, muitas vezes os mais absurdos, serem atendidos. 


Em poucas páginas Juan Pablo Villalobos me convenceu criando um excelente livro. Sem dúvida uma estreia admirável uma leitura memorável!


.:: RECOMENDO ::.
Minha Avaliação: ★★★★★ -> Excelente!


6 comentários:

  1. O duro de ler as resenhas é q da vontade de comprar tudo! hehehe

    Já qro esse tb!

    ResponderExcluir
  2. Oie...
    Tudo bom?
    Já li muitas resenhas positivas sobre este livro... Estou bem curiosa... =)

    Adorei seu blog... Já estou seguindo...
    Depois dá uma passadinha no meu para conhecer... Relíquias da Lylu =D
    http://reliquiasdalylu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Celsina

    Eu adorei o livro também, ele é triste, mas as ideias e divagações do garoto são brilhantes. Concordo contigo, não deve agradar a todos, e é excelente.

    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Olá Cel
    Acho que esse livro me agradaria,
    por que eu não faço exitação quanto
    ao livro. Agora posso não gostar também
    é claro. Ele tem uma capa muito bonita!
    A resenha ficou ótima!

    Lucas
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Sempre ví elogios ao livro, mas nunca tinha lido uma resenha... Agora que li a sua fiquei com vontade de ler... Sabia do que se tratava mas não da forma em que era abordada! muito interessante eu quero!

    ResponderExcluir
  6. QUeria ler esse livro só pelo titulo, e saber o resto da história deixa tudo mais interessante.... mas parafraseando... a realidade pode ser assustadora mesmo....
    QUero ler!

    ResponderExcluir