Tecnologia do Blogger.

11 de fevereiro de 2011

RESENHA: A Estrada da Noite - Joe Hill

A Estrada da Noite do autor Joe Hill
Resenha do Livro: Judas Coyne (ou Jude), uma lenda do rock pesado dono de uma coleção bastante... inusitada. Vive em sua casa de campo com seus dois cachorros e sua namorada Geórgia, uma gótica que ele conheceu em um de seus shows.

Como se sua coleção de artifícios assombrados ou vindo de donos ainda mais macabros não fossem suficientes, Jude sente que precisa de algo ainda mais, interessante. Mas mal sabe ele que sua vida mudará radicalmente ao se deparar com o (pera ele irresistível) anuncio: “Compre o fantasma do meu padrasto”. Jude faz o lance mais bizarro de sua vida. E por U$ 1000,00 ele compra o paletó de um morto, que viria também acompanhado pelo fantasma de seu dono.

Uma História de fantasmas, com muito suspense e alguns "apertos" no coração. ♥

Em uma caixa de coração, Jude e Geórgia conhecem o medo de estar à um passo do lado mais sombrio, à um passo da Estrada da Noite. Eles são perseguidos incansavelmente pelo sanguinário fantasma de Craddock McDermott, e como se não bastassem os poderes de assombrar, o tal fantasma possui grande capacidade de hipnose, capaz de enlouquecer a mente de qualquer um; e ainda persegue e mata todos que se aproximam de Jude.

Tudo parecia sair errado para Jude, mas como à principio eu não ia muito com a cara dele, não estava mesmo me importando "devidamente" com sua morte ou a de sua namorada; os únicos que me fizeram temer pelas suas vidas eram os cachorros (é, eu amo cães). E então, no decorrer da trama fui aprendendo a me afeiçoar a Jude e Geórgia, pois suas personalidades foram mudando e finalmente pude vê-los como “mocinhos”. Foi aí que realmente comecei a ter medo durante a leitura. Medo toda vez que era descrita a forma como Craddock (o fantasma) segurava sua lamina, medo de suas freses macabras, do seu poder de hipnose.

AMEI o jeito que o Joe Hill nos transporta para dentro de sua mente, de toda aquela loucura fantasiosa que é A Estrada da Noite. Ele conseguiu passar todos o medos e sensações que a história permitia. Esse livro não é exatamente aquele terror que te faz levar um susto á cada página, mas com certeza vai te passar medo. Afinal, Joe Hill se mostrou ser um tanto improvável.

♥♥♥ Para quem ainda não sabia, Joe Hill (pseudônimo de Joseph Hillstrom King) é filho do “meu querido” Stephen King. Logo, eu não poderia esperar menos do Hill. Mas não vamos compara-los, King é King e Hill é Hill. E eu estou gostando dos dois ;D

.:: RECOMENDO ::.
Minha Avaliação: ★★★★ -> Muito Bom!

15 comentários:

  1. Nossa! Comprei esse livro, mas ainda não li.
    E pelo visto dá medo! rs
    Adoro King, mas não conheço o filho...
    Vou ver se leio! Parece bom!!!

    bjuss

    ResponderExcluir
  2. Olá!!!
    Não sabia do parentesco de Joel Hill, agora criou em minha cabeça uma certa expectativa em relação ao livro.

    Beijos


    http://nodivadamoca.zip.net/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cel!

    Esse já está na minha estante! [guarda-roupa!] esperando para ser lido! ahuahua

    um beijooo

    ResponderExcluir
  4. O livro é muito bom mesmo, eu li há uns dois anos atrás.

    ResponderExcluir
  5. Eu até agora não decidi se gosto ou não de livros assim... Na hora da leitura, é super legal sentir aquele medo... Mas depois... Acontece algumas coisas na vida real, e me deixa com maior medo... tipo, eu estudo a noite (também), ontem mesmo, sexta, caiu uma baita chuva, e só as salas ficaram com luz, os corredores estavam em escuridão... E quem disse que eu tinha coragem de sair no corredor? kkkkkkkkkkkk, lendo um livro assim, eu ia paralizar de vez kkkkk!

    PS: Eu não tenho medo de escuro, desde que eu esteja na minha casa!

    ResponderExcluir
  6. Faz um tempo que estou querendo ler este livro. Não sabia que o autor era filho do Stephen King, que alías ADORO também.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Uau, eu já estava louca por esse livro fiquei mais ainda, graças à sua resenha e por saber #babado, que ele é filho do King, não sabia acredita?
    Fiquei de cara.
    Quero muito ler algo do autor!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Faz tempo que eu estou de olho nesse livro.. mas até agora não tive a oportunidade de lê-lo...aff
    Parece realmente muito bom!!
    mas também filho de quem ne?! Obvio que seria bom, filho de peixe peixinho é!! hahaha
    bj

    ResponderExcluir
  9. eu tambem me surpreendo quando soube que ele era filho do king, achei esse livro otimo,fiquei com medinho em varios momentos,haha...
    to querendo ler o proximo dele.
    beijao.

    ResponderExcluir
  10. Esse livro é muito bom mesmo. Quando o li também não sabia que ele era filho do King. Eles são diferentes, mas tem traços semelhantes!

    Ele fez mais um livro, "O Pacto" (Horns) que também parece ser tão bom quanto.

    ResponderExcluir
  11. já tinham me falado desse livro, mas eu não sabia que o escritor era filho do Stephen King! D: bom, então ele aprendeu com o melhor não é mesmo!?

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Faz um tempo que tenho esse livro. Mas ainda não li. Tenho tantos na fila que não sei por onde começar. E tem os de parceria, que são prioritários. Mas espero ler ele em breve!

    Beijo!
    @nine_stecanella
    http://janinestecanella.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Tô louca pra ler, principalmente depois dessa resenha kkkk Ri alto quando você disse que no início preferia os cachorros kkkk Amei a resenha, sinsera e bem composta ^_^

    ResponderExcluir
  14. Eu ganhei esse livro há alguns anos e recomendo: é ótimo. Joe Hill passou a morar no meu coração depois dele. rsrs!

    ResponderExcluir