Tecnologia do Blogger.

25 de julho de 2010

Ideias Noturnas: sobre a grandeza dos dias - (Eduardo Sabino)

Ideias Noturnas: Sobre a Grandeza Dos Dias, lançado aqui no Brasil pela Editora Novo Século - é um livro realmente incrível, com a escrita de uma beleza sem igual.

O brasileiro Eduardo Sabino, seu autor soube nos guiar leve e prazerosamente sobre os 22 contos marcantes compostos neste livro. Sendo muitos deles reflexivos; principalmente no título e subtítulo a ironia que é mostrada de forma filosófica me envolveu e intrigou ao mesmo tempo, tive que pausar um pouco a leitura entre um conto e outro e poder “matutar” sobre o seu fechamento. Agora que já li o livro por inteiro posso afirmar que ele completou muitas das minhas ideias e mostrou-me outras formas de ver os dias, sendo que essas novas formas não são de suas grandezas, como ironiza e contradiz o subtítulo, e sim de angustia, solidão, ingratidão... os sofrimentos no geral e as poucas (pouquíssimas) alegrias; isso posso garantir, por isso adorei tanto esses contos.

Como o livro é curto e a linguagem do autor é um tanto curiosa e gostosa de acompanhar, a leitura de Ideias Noturnas se torna extremamente prazerosa e em nenhum instante o ritmo cai para algo cansativo. Confesso que não esperava tanto, mas fui muito bem guiada pela sua linguagem original ora intensa e irônica, às vezes ate cruel; mas nunca de forma maçante.

Os textos se voltam para temas universais, tais como a morte, o tempo, a infelicidade, o amor. Ao mesmo tempo em que aborda questões filosóficas e sociais. Enfim, nele se encontra de tudo um pouco, como tem alguns contos em que somos apresentados a um imortal que reflete sobre a morte, ao velório da tristeza, a um escritor de autoajuda que é vencido pela angustia... Os títulos não revelavam muito sobre oque encontraríamos em cada texto, mas depois do conto lido, esses títulos fazem grande sentido. E alguns fechamentos foram mesmo fantásticos, alguns tão impressionantes e reais ao mesmo tempo, me fizeram virar as paginas e ler novamente.

“Durante meio século eu havia sido isto: uma sombra” (pg 55)

A escrita de Eduardo Sabino me lembrou um pouco (bem pouco) o macabro de Stephen King e a crueldade irônica do Neil Gaiman, mas seu livro não é sempre assim, pois você não verá nada do terror imaginário de King aqui, mas sentirá angustia podendo ate se assustar com o quão real esse livro pode lhe parecer. Há quem discorde, mas é o que eu penso.

Tem um conto em que somos apresentados a certo homem que coloca por brincadeira um anuncio em seu site, e uma linda mulher bate em sua porta dizendo aceitar sim a sua proposta, ele a deixa entrar e depois que ela se vai ele lembra do anuncio:
“procura-se o diabo. Vendo a minha alma. Faço bom preço.”

Claro que o conto não é apenas isso, e nem todos seguem no mesmo estilo. Tem outros ainda melhores, mas ficaria muito grande, e pior, eu estragaria tudo se contasse o livro inteiro, tenho certeza de que alguns me matariam se eu o fizesse.

Achei o livro tão incrível (sei que usei a palavra incrível mil vez, mas se ele é) que me encantei com a escrita do autor, Eduardo Sabino e gostaria muito de ler um pouco mais de seus contos ou quem sabe uma história maior, dando a oportunidade de apresentar os personagens com descrições mais concretas, tenho certeza de que sairá uma história “danada de boa”, pois o Eduardo escreve muitíssimo bem.
Pode ler sem medo que não vai se arrepender.

.:: RECOMENDO ::.

Minha Avaliação: ★★★★★ -> Ótimo
(Outro verde e amarelo que merecidamente recebeu 5 estrelinhas)

Todos abençoados porque estão vivos. Abençoados porque morrerão. (pg 31)

8 comentários:

  1. Fiquei bem curioso para ler o livro o/
    Adorei a resenha e também a palavra Incrível! HeHe

    Bj's

    www.umlivrosecreto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá, Cel!
    Que legal! Tenho lido muitas resenhas ótimas sobre escritores brasileiros... Com certeza, esse é mais um que não se pode esquecer....
    Adorei a resenha...
    Beijinhos,
    Náh

    ResponderExcluir
  3. Eu quero! Adorei a resenha e fiquei curiosa sobre esse novo talento brasileiro!

    ResponderExcluir
  4. Ah, os Sabino's rs primorosos escritores... vou comprar ótimo post querida beijos. ótima semana

    ResponderExcluir
  5. Oi Cel...
    Pelo que eu entendi é um livro de contos não? Ai, eu não tenho paciência com livros de contos! hehe
    Mas com esse sobrenome, é uma tristeza não ler...

    Beijos amiga!

    ResponderExcluir
  6. Nossa, adorei a resenha e fiquei bem curiosa com o livro, não o conhecia mas agora ele já esta na minha lista. Bjsss

    ResponderExcluir
  7. Ei Cel,

    Ótima resenha, eu não conhecia o livro e gostei muito da abordagem. Só não sou muito fã de contos, quando me empolgo a história ja terminou rs

    bjo

    ResponderExcluir
  8. Parece bem interessante. Deu vontade de lê-lo :D

    ResponderExcluir