Tecnologia do Blogger.

31 de maio de 2010

Desafio: O Livro Que Mais Odiei- 2º

Dando continuidade ao desafio, hoje falarei sobre...

O livro que eu mais odiei: Atlantis de David Gibbins

Esse livro eu realmente odiei, ao ponto de nem consegui terminá-lo, então já podem ter uma ideia do quão cansativo deve ser esse livro. Também tomei trauma do autor, isso é errado, mas ele deve escrever sempre do mesmo jeito, sempre que vejo um livro que é de David Gibbins passo longe.

Sinopse: Neste romance carregado de dados reais e atualizados sobre um dos maiores mistérios da humanidade, o experiente arqueólogo Jack Howard depara-se com pistas que podem levar à cidade perdida, mencionada ainda na Antiguidade pelo filósofo grego Platão, e que representa a utopia do ideal de sociedade, de harmonia e de fartura. Durante milhares de anos, pesquisadores vêm tentando encontrar Atlântida. Um dia o arqueólogo marinho Jack Howard e sua equipe tiveram sorte. Enquanto mergulhavam em busca de um naufrágio do tempo de Homero, encontraram ruínas submersas que pareciam ser de Atlântida. Mas a informação vazou e um grupo de terroristas e mercenários fica sabendo que os segredos da Atlântida estavam prestes a ser revelados. Repentinamente, Jack e sua equipe se vêem envolvidos em um jogo de vida e morte. A revelação teria um alto preço.

Porque eu não gostei do livro: E um livro terrível, com uma historia super cansativa, considero-o apenas assim pelo simples fato de não ter agüentado ler até o final, sei que com uma sinopse dessa fica difícil acreditar em mim e devem estar se perguntando, porque eu odiei tanto esse livro que parece tão interessante? Simples... Comprei o livro feliz da vida pensando que seria um mega suspense, estilo os de Dan Brown, e a capa ainda ajuda com a frase – “Um dos maiores mistérios da história finalmente revelado” – e não satisfeito com tamanha apelação fajuta ainda se encontra no fundo da capa um comentário do The Bookseller: “ Os fãs de Dan Brown precisam de mais alguma coisa, por que não Atlantis?” depois dessa eu fiquei com sede por suspense, mistério e aventura, criei altas expectativas para o livro. Ô como estava enganada, David Gibbinsse importa muito com os detalhes, mas não aqueles de descrições dos lugares, humor, pessoas, pois esse sim eu gosto, ele se importou simplesmente com os detalhes das maquinas. E conseguia me irritar profundamente quando interrompia a história com longas descrições de equipamentos, de tecnologia, de fatos arqueológicos e outras baboseiras mais. Chegou em um ponto que tive de dar um basta! E Atlantis chegou ao fim para mim, antes mesmo da metade.

15 comentários:

  1. Uau..deve ser ruim mesmo...
    Hoje eu escrevo sobre o livro que eu mais odiei.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. eu tenho esse livro,estou doida para ler,mais tenho tantos na frente!
    espero que nao seja tao ruim quanto vc achou!
    :D

    ResponderExcluir
  3. Que bom, vou ficar bem longe desse livro então!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, pelo o que disse eu também não ia gostar, apesar das capas que atraem não tinha tido vontade de ler ainda, agora menos rss

    ResponderExcluir
  5. Esse livro é bem chatinho mesmo... o cara é super descritivo - e principalmente descrição de tecnologias... E o pior, o personagem principal é tão perfeito, tipo sabe-tudo, que deixa MacGyver no chinelo... Não gosto de personagens que são perfeitos demais.
    Eu também não gostei mtu do cara. Mas recentemente comprei um outro livro dele (A Cruzada do Ouro, só porque estava na promoção a 10 reais) - só estou esperando meu marido ler para ler também... espero que não seja como esse... Mas como vc disse não posso ler um único livro do cara e achar que tudo é ruim...

    ResponderExcluir
  6. Oi querida, ainda não tive a honra ou a desonra de lê-lo, mas é tão difícil de a gente acreditar que não gosta de um livro não?
    Bjão

    ResponderExcluir
  7. Nossa, esse livro tem cara de ser bom... que pena que você não gostou... talvez até gostasse se não tivesse esperado tanto...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  8. Oi Cel.
    Nunca li um resenha de alguém elaogiando esse livro. Tinha tudo p/ ser maravilhoso, tema bom e interessante, mas o autor cansguiu deixa-lo enfadonho.
    É uma pena não é?
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. sorte q nunca vi e li esse livro...

    ResponderExcluir
  10. Também não gostei deste livro Cel: tinha tudo para dar certo, mas achei arrastado e cansativo, além de totalmente parado.
    Bjks

    ResponderExcluir
  11. Livros super descritivos têm que ser muito especiais para não acabarem na chatisse... hehe

    Sem contar que a capa aqui não colaborou rs

    ResponderExcluir
  12. chato parece mesmo rs... Mas a fórmula merchan de Dan Brown (com método superficial de dos Stephens (King e Spilberg) Mas enfim rsrsr deixa os detalhes críticos literários rsrs pra um post rsrs... bem rsrsr beijos Cel linda

    ResponderExcluir
  13. Sei exatamente o que vc quer dizer: comprei esse livro na época do lançamento, totalmente empolgada - alô, amo esses temas de Atlântida, Triângulo das Bermudas, e outros mistérios da humanidade... e tbm detestei. Não consegui terminar. Achei o livro CHATO DEMAIS, rsrs.. realmente, quem escreveu esse resumo na contracapa deveria ser processado por propaganda enganosa! ;P

    Bjoos!

    ResponderExcluir
  14. Tambem comprei este livro na época do lançamento. E odieeei profundamente o livro. Cheguei nas duzentas e poucas páginas quase morto de tanto tédio e não consegui terminar. Tive que largar o livro. Quase o joguei fora, mas, no fim, acabei dando para minha prima, que detestou ainda mais que eu.
    O livro é pura enganação e marketing.

    ResponderExcluir
  15. Li que muita gente não gostou desse livro, e o pior é que eu comprei na época que lançou, mas não li. Agora então, nem tenho mais vontade..rsrsrs

    ResponderExcluir